Vídeo

A arte do vídeo é embrionária dentro da trajetória do grupo, pois só após “Saudável Subversividade em 2000” é que o grupo passa a se identificar como Saudáveis Subversivos. Desde o fim dos anos 90 o grupo vem atuando em diversas linguagens o que fez a produção de vídeo passar por alguns hiatos. Hora hibridizado com outras linguagens, hora como experiência pura, estivem os por vezes nos arriscando nesta pesquisa de linguagem audiovisual. Hoje a atividade audiovisual está estruturada principalmente dentro do Quarto dos Fundos, empresa mantida dentro da incubadora do grupo. Além do mateirial postado aqui temos uma vasta produção de vídeos institucionais, matérias jornalísticas produzidfas em parceria com o Canal Futura e vídeos resultado de oficinas como os do Projeto Olhar Circular e Atelier SESC de Cinema onde utilizamos o audioviaual como ferramenta inclusiva.

Confira parte da nossa produção autoral:

PAVÃO MACACO – 2010 Videoclipe da música Pavão Macaco, do disco Atlântico Negro de Wado. O clipe conta com a performance de bela Lyndys Tereza. Direção: Glauber Xavier e Daniel Macedo Direção de Fotografia: Glauber Xavier e Daniel Macedo Edição: Glauber Xavier Motion Graphics: Daniel Macedo Finalização: Daniel Macedo Produção: Saudáveis Subversivos / Quarto dos Fundos Cenário: Saccaro Maceió Apoio: Boca da Noite Filmes e Saccaro Móveis (Maceió) [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=fyMNekcjl6s[/youtube]

FORTALECE AÍ – 2009 Clipe da Música Fortalece Aí do disco Terceiro Mundo Festivo de Wado. Autoria: Adriano Siri / Wado Direção e montagem: Glauber Xavier Pós-produção e finalização: Charles Northrup e Daniel Macedo

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=roCpeO5Olrc[/youtube]

RUA DEMOCRATA – 2007 Experimento audiovisual de Glauber Xavier e Valéria Nunes. Passeando num pacato domingo na cidade de Presidente Prudente você pode passar pela Rua Democrata e talvez se relacionar com os sons e a arquitetura do ambiente; é uma experiência peculiar!
[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=s5-7M3rDFR8[/youtube]
BEM ME QUERO – 2007 Vídeodança dirigido por Glauber Xavier, que traz as reflexões da bailarina Valéria Nunes sobre o cultivo de uma relação de amor sagrado com o corpo e com o meio. O vídeo é um momento de singela contemplação de sutilezas. Esta obra foi filmada quando a bailarina estava sob observação, por causa de uma hérnia de disco na coluna vertical. Tanto “Bem me Quero” quanto, “Possibilidades” e “Homófonos” são partes da obra multimídia Quixotes, que recebeu o prêmio FUNARTE/PETROBRAS de fomento a dança em 2006.
[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=hzmJXFqVxOw[/youtube]
NÃO – 2007 Vídeodança dirigido por Glauber Xavier, recombinando a performance “Não” de Jorge Schutze. Esta obra é ponto de intersecção entre a Cia. LTDA e os Saudáveis Subversivos. “Não” é uma espécie de negação do artista diante das obrigações temáticas e conceituais institucionalizadas a obra de arte.
[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=AVywvPx_D98[/youtube]
HOMÓFONUS – 2006 Vídeodança dirigido por Glauber Xavier, que aborda o cruzamento entre dança e artes marciais, pesquisa original do bailarino Cláudio Souza. A idéia coreográfica de Cláudio foi selecionada no programa Rumos Dança Itaú Cultural – 2007.
[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=8rmbdj9Jfro[/youtube]
POSSIBILIDADES – 2006
Vídeoarte dirigido e interpretado por Glauber Xavier. Trata de uma obra de recombinação e caráter documental da performance Desenho do Desejo.
[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=uDVa5eoarPY[/youtube]
ESTRANHO – 2006

Vídeo documentário dirigido por Glauber Xavier, sobre a performance homônima de Flávio Rabelo

EM BRANCO – 2005 A Instauração Cênica Em Branco é uma reflexão sobre o mundo pós-moderno com tema humanista e é um repudio aos assassinatos que acontecem naturalmente pelo mundo inteiro e passam – em branco, trazendo a banalização da morte. A cena é uma intervenção visual-sonora no espaço urbano, onde os performáticos trabalham com ação/reação ao serem atingidos por uma espécie de atiradores de elite imaginários, caindo ao chão e “deixando marcas de uma perícia policial passageira” e a partir daí criam uma série de elementos visuais efêmeros que são, num tempo indeterminado, absorvidos pelo movimento urbano. A instauração no seu decurso provoca reflexões nas pessoas que vivem a urbanidade. Este videodança de Glauber Xavier é composto a partir da instauração dirigida por Nara Salles. Esta obra é link de interação entre os SS e a Cia. Sentidos Teatro, Dança e Artes-visuais.
BURKA – 2004 O videodança Burka, dirigido por Glauber Xavier, traz a pesquisa pessoal de Valéria Nunes sobre as diferentes “burkas” que cobrem as mulheres do mundo contemporâneo. Nesta produção independente os Saudáveis trabalharam a autogestão lançando mão dos baratos recursos do vídeo caseiro, acumulando características como a mão trêmula do vídeo-maker amador, a imagem granulada do VHS ou similares e a edição feita no PC doméstico. Em 2005 Burka foi selecionado para o Move Berlim – Panorama Brasil.
SAUDÁVEL SUBVERSIVIDADE – 2000 Este vídeointerferência dirigido por Fernando Coelho e Glauber Xavier se valida pela possibilidade do exercício imagético amador como forma de não se acomodar ao ócio e a preguiça cotidiana. Saudável Subversividade foi prodizido para ser exibido durante a festa Sexta Básica em outubro de 2000.