Estrutura

A partir das vivências artísticas experenciadas pelos membros dos Saudáveis Subversivos entre 1999 e 2008, diminui a necessidade de subir ao palco, partindo inicialmente da seguinte reflexão: o público menos favorecido – o que mais nos interessava – carecia de voz ativa dentro da sociedade e não tinha como pagar para ir a casas de espetáculos, cinema, galerias ou até comprar livros. Então as ações passam a priorizar a pesquisa acadêmica e independente entre arte, ciências sociais e tecnologias da informação e da comunicação; o empoderamento das linguagens artísticas e das tecnologias que fazíamos uso, por comunidades menos favorecidas e o deslocamento de nossas criações artísticas para a rua. Ainda em 2008 surge Olhar Circular inicialmente como projeto pontual mas logo se torna um programa prioriário para o grupo, junto com um momento onde estabelecemos uma sede fixa da instituição no bairro do Riacho Doce, com estrutura de escritório e uma organização de grupo mais estruturada e compartilhada que se divide em quatro linhas de atuação: ARTES INTEGRADAS – Teatro, Dança, Performance, Artes Visuais e Vídeo; DESENVOLVIMENTO LOCAL – Cineclube, Feira de Cultural do Riacho Doce e Telecentro INCUBADORA – Oca – Oficina de Comunicação, Quarto dos Fundos e LivreSoft OLHAR CIRCULAR – Oficinas Olhar Circular, Edital Olhar Circular de Produção Digital, Festival Olhar Circular de Cultura Livre e Tá Combinado Hoje, estamos procurando nos re-afinar constantemente com nossas novas competências e desafios, e caminhar numa possível sustentabilidade e uma participação cada vêz mais intensa dos associados e das comunidades com que nos envolvemos.