Artes integradas

Os Saudáveis Subversivos consolidou sua contribuição social inicialmente através de um trabalho autoral bem intenso no campo da criação artística, sempre procurando promover a reflexão no contexto político, social, humano e até holístico, tendo em suas obras, princípios como: a multiliguagem, o interprete criador, a auto gestão, o cruzamento do artesanal com o tecnológico e o performer como ativista. Neste recém nascido século 21 os conteúdos são cada vez mais compostos de misturas, trocas e intercâmbios. Um universo global é construído em múltiplas vias; e em meio a tantos fluxos destacam-se aqueles que captam os dados e os processam – através de um sistema de decupagem bastante avançado em aspectos reflexivos – para traduzi-los e comunicá-los ao próximo, contribuindo para o fortalecimento de sua cultura. As idéias – vivas – figuram plataformas de moléculas e/ou bites, os corpos são compostos de carbono e/ou silício; e circulam ignorando limites e alfândegas, alcançando os mais distantes e diversos pontos do planeta. Dentro deste ambiente expandido pensamos nossas obras como uma corrente textual e buscamos liberdade e mobilidade entre os lígames essenciais de nossa criação, nos posicionando no sentido da conquista de novos espaços dramáticos. Acreditamos numa saudável diversidade e subvertemos conteúdos buscando a saúde do meio. Apresentamos aqui um resumo das Saudáveis Obras Subversivas.